“Monstro” – Um Feito Cinematográfico de Rako Prijanto

"Monstro" é um filme indonésio dirigido por Rako Prijanto, estrelado por Marsha Timothy e Alex Abbad.

A chegada de “Monstro” à Netflix, diretamente da Indonésia, marca um marco significativo para o cinema de terror visual e clássico, apresentando-se como uma obra que desafia as convenções do gênero. Dirigido por Rako Prijanto, este filme mergulha os espectadores em um universo de pesadelo através da história angustiante de um sequestro infantil, destacando-se por sua abordagem inovadora na narrativa cinematográfica.

Enredo

“Monstro” narra a história de dois jovens sequestrados por um personagem enigmático, dotado de uma barba densa e uma gorra distintiva. A tensão se intensifica quando a menina consegue escapar, desencadeando uma série de eventos dramáticos carregados de suspense.

Análise

Monstro
Monstro

O que torna “Monstro” um exemplar notável no cinema contemporâneo é a sua decisão audaciosa de eliminar completamente os diálogos. Esta escolha estética enfatiza a força do visual e da montagem sobre a palavra falada, propondo uma experiência imersiva para aqueles que valorizam o cinema como uma arte primariamente visual.

A direção de Rako Prijanto é impecável, demonstrando um domínio excepcional sobre todos os aspectos da produção cinematográfica. Seja no suspense meticulosamente construído, na tensão palpável, ou nos momentos dramaticamente carregados, “Monstro” é uma prova do talento de Prijanto como cineasta.

Aspectos Técnicos

“Monstro” brilha em sua realização técnica. A cinematografia é de tirar o fôlego, com planos bem compostos que capturam a essência da atmosfera de terror. A montagem é ágil, sustentando o ritmo acelerado da narrativa. A interpretação, mesmo sem diálogos, transmite poderosamente as emoções dos personagens, enquanto a direção de som amplifica a experiência sensorial, criando uma atmosfera asfixiante de terror através de contrastes acentuados e efeitos sonoros impactantes.

Considerações Finais

“Monstro” é uma obra de terror refinado, destinada aos verdadeiros apreciadores do gênero que buscam mais do que apenas entretenimento. Este filme não procura fazer declarações sociais ou moralizar sobre o tema do sequestro; é, antes de tudo, um exercício de estilo e uma celebração do cinema como meio de expressão artística.

Apesar de não ser a primeira incursão no terror sem diálogos, “Monstro” se destaca pela audácia e pela execução primorosa, provando que tal abordagem, ainda que arriscada, pode resultar em uma obra envolvente e memorável.

“Monstro” é, sem dúvida, uma adição notável ao catálogo da Netflix, transcendendo fronteiras e surpreendendo espectadores em todo o mundo. É uma demonstração de que, no cinema, às vezes, o silêncio fala mais alto do que as palavras.

Onde assistir “Monstro”

Netflix

Monster | Official Trailer | Netflix
Molly Se-kyung
Molly Se-kyung
Molly Se-kyung é romancista e crítica de cinema e televisão. Ela também é responsável pelas seções de estilo.
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos mais recentes