“O Vendedor de Ilusões: O Caso Geração Zoe”: Um documentário da Netflix sobre golpes, contado pelo próprio autor e pelas vítimas

“O Vendedor de Ilusões: O Caso Geração Zoe” é um documentário dirigido por Matías Gueilburt. O roteiro é de Nicolas Gueilburt.

Leonardo Cositorto foi o criador de algo chamado “Geração Zoe”, uma associação de pessoas em busca de oportunidades de negócio e formação. Uma associação que cresceu a partir da Argentina e se expandiu por toda a América Latina, chegando até mesmo à Espanha.

Brincando com especulação, risco e oportunidades, essa associação criou um verdadeiro esquema Ponzi, onde quanto mais amigos você trouxesse, mais ganhos obteria. Já sabemos o que acontece com esse tipo de esquema piramidal: no final, tudo explode porque, simplesmente, a pirâmide não pode continuar sendo alimentada.

E no fim das contas, as finanças, uma operação de trading com criptomoedas que, finalmente, revelou-se ser apenas uma simulação.

Em que consistia a “Geração Zoe”?

O Vendedor de Ilusões: O Caso Geração Zoe
O Vendedor de Ilusões: O Caso Geração Zoe

A “Organização Zoe” era um complexo formativo que oferecia diversos pacotes sobre temas variados, todos relacionados ao conhecimento, formação e, em última instância, à oportunidade de negócios para, enfim, transformar uma vida monótona em uma vida de sucesso, viagens e posses. Tentador, não é mesmo?

O “truque” consistia em trazer mais e mais pessoas para a organização e, ficando com uma parte do dinheiro, devolver outra parte àqueles que também atraíam novos participantes que continuavam a aportar capital na empresa. O que é denominado “esquema Ponzi”.

A empresa cresceu 8000% em 2021, chegando a faturar 40 ou 50 milhões de dólares por mês.

E por trás de tudo isso: Leonardo Cositorto

Leonardo Cositorto foi o fundador e líder espiritual de todo esse sistema de crescimento espiritual e empresarial. Sim, tudo terminou em um escândalo e a fraude veio à tona.

Um homem com muito carisma e poder de convencimento, capaz de entusiasmar qualquer pessoa que entrasse em contato com ele através de sua dialética populista e acessível.

Cositorto soube aproveitar a oportunidade de enriquecer, utilizando-se da necessidade alheia e misturando-a com uma espécie de espiritualismo cultural, tornando seu discurso uma verdadeira mina de ouro.

Sobre o documentário

Em “O Vendedor de Ilusões: O Caso Geração Zoe”, ouvimos muito das vítimas desse esquema, pessoas que investiram suas economias nesse sistema. O documentário também conta com as intervenções do próprio Leonardo Cositorto, que fala sem reservas sobre como gerenciava a empresa e sobre o tipo de vida que levava naqueles dias.

Um documentário clássico sobre fraudes, narrado sem drama e sem violência, o que lhe dá bastante credibilidade.

Nossa opinião

Um bom documentário que, simplesmente, relata os fatos. Imagens de arquivo, bom ritmo de narração e muitos dos prejudicados nos fazem um retrato daqueles dias.

Onde assistir “O Vendedor de Ilusões: O Caso Geração Zoe”

Netflix

Illusions for Sale: The Rise and Fall of Generación Zoe | Official Trailer | Netflix
Molly Se-kyung
Molly Se-kyung
Molly Se-kyung é romancista e crítica de cinema e televisão. Ela também é responsável pelas seções de estilo.
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos mais recentes